Pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. 1 Cor. 13:13

Armamento pesado... Oração



Há um termo evangélico que perdura a bastante tempo: "A oração é a chave da vitória"!
Embora muitos usem como apenas um chavão a oração sem dúvida é o caminho certo para a vitória em Deus!

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.” Filipenses 4:6

Precisamos levar aquilo que nos incomoda até Deus e a maneira de se fazer isso é orando. Sem oração não há resposta de Deus, e se não há resposta de Deus você está à mercê do mundo, do inferno e da sua capacidade.
Orar com +1 é sempre melhor... “Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18:20.

E não só orar com os outros, mas também orar uns pelos outros...“Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis.” Tiago 5:16 A

Porém existem certas ocasiões que Deus não escuta as orações e isso sim é um problema muito sério. Quando Deus não nos houve significa que estamos sozinhos, que erramos com Deus e muitas das vezes não sabemos nem como erramos! No mesmo texto citado acima podemos tirar algumas conclusões do final do paragráfo... “Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” Tiago 5:16

Justo... Deus quer justiça da nossa parte! Como responder alguém, como trabalhar pela vida de alguém se a mesma não demonstra louvor a Ele, que trará a providência. Deus precisa que honremos o nome dEle com as nossas atitudes para que Ele possa responder as nossas orações.

Deus não responde a todas as orações. Ele não dá ouvidos às orações dos perversos. Observe certos textos que mostram claramente Deus recusando ouvir as orações daqueles que fazem o mal: "Então, chamarão ao Senhor, mas não os ouvirá; antes, esconderá deles a sua face, naquele tempo, visto que eles fizeram mal nas suas obras" (Miquéias 3:4). "Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça" (Isaías 59:1-2). "Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males" (1 Pedro 3:12).

Quando estamos em desobediência, quando O entristecemos de alguma maneira, quando desonramos o nome dEle, Ele se afasta e aí só tem um jeito pra que Ele se revele novamente para nós, o arrependimento. Arrependimento genuíno, isso significa se humilhar na presença dEle, declarar o arrependimento e como alguém arrependido, buscar com todas as forças não cometer o erro novamente.

Quando temos novamente livre acesso ao Pai, as coisas mudam. Temos acesso ao Santo dos santos, podemos sentir a presença dEle e nossas orações chegam até Ele. A Esperança volta porque sabemos que Ele logo virá em nosso favor se assim for da sua vontade. "se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito" (1 João 5:14-15).

Depois de colocar as nossas ansiedades, nossos pedidos, nossas angústias diante dEle, a única coisa que nos resta é esperar confiado nEle, que o Senhor no seu tempo certamente agirá. Essa é a nossa fé! Essa é a Esperança de quem crê em Jesus e buscam a Deus, Desesperados!

Nenhum comentário:

Postar um comentário